CICLOTURISMO E WARMSHOWERS: DICAS PARA ECONOMIZAR COM HOSPEDAGEM – DA CHINA PARA CASA BY BIKE

TEMPORADA RÚSSIA

EPISÓDIO #3

CICLOTURISMO E WARMSHOWERS: DICAS PARA ECONOMIZAR COM HOSPEDAGEM – DA CHINA PARA CASA BY BIKE

Neste episódio dou dicas de como economizar com hospedagem através do WARMSHOWERS.ORG . Enquanto fazemos um passeio pela floresta em busca de “blue berries” (mirtilo) para fazer geleia na região de São Petersburgo na Rússia, dou dicas de como proceder para aumentar sua chance de aceitação ao solicitar hospedagem.

A viagem ao redor do globo continua! Para adquirir um exemplar do livro NORUEGA BY BIKE, mande um e-mail para: atmagalhaesbybike@gmail.com , com o título: LIVRO NORUEGA BY BIKE, com seu nome, endereço de entrega e comprovante de depósito. Dados bancários: Aurélio Tanuri Magalhães CPF: 151.956.888.69 Banco Itaú Agência: 8482 Conta Corrente: 05369 4

A CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA. Se inscreva no canal! Curta, compartilhe, comente! Seu envolvimento ajuda a me manter motivado! Para APOIAR o projeto e me dar aquela forcinha, conheça minha campanha de FINANCIAMENTO COLETIVO,: https://apoia.se/dachinaparacasabybike , as recompensas começam a partir de R$ 8 por mês.

Obrigado por me seguir!

Facebook: @aureliomagalhaesbybike

Instagram: @aureliotanurimagalhaes

Blog: http://www.atmagalhaes.wordpress.com

CICLOTURISMO RÚSSIA – ESTRADAS HOSPITALIDADE E CULTURA – DA CHINA PARA CASA BY BIKE – VOLTA AO MUNDO

TEMPORADA RÚSSIA

EPISÓDIO #2

CICLOTURISMO RÚSSIA – ESTRADAS HOSPITALIDADE E CULTURA – DA CHINA PARA CASA BY BIKE – VOLTA AO MUNDO

Os primeiros dias de pedal foram extremamente chatos. Pedalei em uma estrada movimentada, barulhenta, entre um corredor de floresta de coníferas que encobria o horizonte. Vista limitada, templo nublado, vento contra, relevo ondulado. Fui vencendo os quilômetros sem muita empolgação usando o excelente acostamento da via, sem praticamente nada para ver.

O ponto positivo foi encontrar membros do Warmshowers em várias cidades, me infiltrando na cultura local e quebrando o preconceito de que os russos são frios e não sorriem.

Em Vyshny Volochyok, me encontrei com Alex, um membro do Warmshowers que mora em Moscou. Ele veio pedalar comigo por dois dias. Viajamos quase 200 km em dois dias por estradas secundárias, entre florestas, lagos, rios e vilarejos. Almoçamos com sua família em uma típica casa de campo onde passamos a noite. Comida típica e deliciosa! Com destaque para o pimentão recheado de café da manhã.

Nesta época do ano as macieiras estão carregadas, e é possível achar vários tipos de frutas na beira da estrada.

No final do nosso segundo dia de pedal, nos encontramos com Alexey, outro membro do Warmshowers que mora em uma pequena cidade chamada Bologoye. Ele também possui uma casa de campo onde fomos passar o dia com sua família. Rolou um churrasco e banho russo, ou “banya”. Algo parecido com uma sauna rústica. Relaxante e revigorante, comum em todas as casas de campo do país.

De Bologoye até Valday, pedalei em uma estradinha secundária bem tranquila, beirando rios, lagos, florestas e cruzando algumas vilas abandonadas.

O monastério de Valday fica em uma ilha no meio do lago que banha a cidade. Com ajuda de Filipp e Nikita, de 12 e 14 anos, encontrei um ótimo lugar para acampar. Os meninos, depois que me ajudaram a levantar acampamento e tentar achar minhocas para pescaria, se deliciaram com um delicioso queijo cottage temperado que preparei para o jantar ao lado da fogueira.

No outro dia, os meninos apareceram e me levaram a feirinha da cidade, onde reabasteci meus suprimentos e segui viagem…Eu adoro encontrar locais pelo caminho, mas quando se trata de crianças, fico ainda mais feliz!

Muito provavelmente você nunca ouviu falar em Veliky Novgorod, uma pacata cidade com cerca de 200 mil habitantes. É uma das cidades mais antigas da Rússia e muitas das decisões políticas desse monumental país foram tomadas aqui. Fundada no século I, Novgorod foi o primeiro centro cultural, arquitetônico e artístico da Rússia. A primeira escola do país também foi fundada aqui, tornando-se o principal centro de alfabetização e publicações de livros da época. A cidade influenciou a pintura e a arte decorativa não só na Rússia, mas também em toda a Europa. Sua posição estratégica longe das fronteiras, e seu poderio militar avançado para os padrões da época, conseguiram preservar um complexo único de monumentos arquitetônicos e afrescos dos séculos XI ao XVII, como o mais antigo manuscrito russo, por exemplo. A primeira vez que a cidade sofreu sérios danos foi na II Guerra Mundial, fortemente bombardeada por mais de dois anos. No entanto, o governo russo se esforçou e conseguiu restaurá-la. Novgorod exala história! A Catedral de Santa Sophia por exemplo, é o mais antigo edifício russo. Erguida em 1045, está protegida pela mais antiga fortaleza russa, ou Kremlin. O Kremlin de Novgorod é mais antigo que o de Moscou, sendo citado pela primeira vez em 1044. Dentro do Kremlin, além da catedral, o conjunto de sinos de Santa Sophia, o Palácio do Arcebispo e o monumento em homenagem ao milênio recebem destaque especial. A cidade ainda possui vários museus com exposições das mais variadas, como joias, bordados, achados arqueológicos, pinturas, esculturas e manuscritos em casca de tronco de bétulas (árvores típicas da região). As águas do rio Volkhov passam lentamente ao lado da fortaleza, que com o sol de verão, trazem um charme todo especial a cidade.

A viagem ao redor do globo continua! Para adquirir um exemplar do livro NORUEGA BY BIKE, mande um e-mail para: atmagalhaesbybike@gmail.com , com o título: LIVRO NORUEGA BY BIKE, com seu nome, endereço de entrega e comprovante de depósito. Dados bancários: Aurélio Tanuri Magalhães CPF: 151.956.888.69 Banco Itaú Agência: 8482 Conta Corrente: 05369 4

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA. Se inscreva no canal! Curta, compartilhe, comente! Seu envolvimento ajuda a me manter motivado! Para APOIAR o projeto e me dar aquela forcinha, conheça minha campanha de FINANCIAMENTO COLETIVO,: https://apoia.se/dachinaparacasabybike , as recompensas começam a partir de R$ 8 por mês.

Obrigado por me seguir!

Facebook: @aureliomagalhaesbybike

Instagram: @aureliotanurimagalhaes

Blog: http://www.atmagalhaes.wordpress.com

CICLOTURISMO RÚSSIA – BEM VÍNDOS À MOSCOU – DA CHINA PARA CASA BY BIKE – VOLTA AO MUNDO

TEMPORADA RÚSSIA

EPISÓDIO #1

CICLOTURISMO RÚSSIA – BEM VÍNDOS À MOSCOU – DA CHINA PARA CASA BY BIKE – VOLTA AO MUNDO

Neste episódio mostro quanto pesa minha bicicleta e equipamentos.

Me hospedei na casa de Nickolay. Um típico morador de Moscou, membro do WS e fanático por bicicleta. Logo que cheguei, Nicolay me apresentou a seus amigos e fomos dar um passeio. Conheci os principais pontos turísticos da cidade. Era domingo, pouco trânsito e clima delicioso.

Moscou possui aproximadamente 15 milhões de habitantes e se revelou muito diferente do que imaginava. Esperava uma cidade fria e cinza, com frota automobilística antiga e prédios caindo aos pedaços herdados da época comunista. No entanto, me deparei com um calor de 30°C, céu azul, uma cidade incrivelmente verde, repleta de parques, praças e lagos, limpa e organizada. Me surpreendi também com a frota de carros novos, com as fachadas coloridas dos prédios e com a quantidade de gente bonita nas ruas! Que mulherada linda!!! Como se diz no interior: Me apaixonei em cada esquina!

A Praça Vermelha é a principal atração da cidade. Lá encontra-se a Catedral de São Basílico, o Kremelin, o mausoléu de Lenin, o museu histórico, e um sofisticado shopping center.

A Catedral Ortodoxa de São Basílico é o símbolo da cidade. Construída em 1561, é Patrimônio Mundial da Unesco e sua arquitetura é única! Não existe nada similar no país. Parece um castelo de contos de fadas.

O Kremlin, residência oficial do presidente a mais de 2.000 anos, é uma fortaleza que abriga também museus, galerias, praças, monumentos e exibe uma arquitetura interessantíssima.

A fachada do museu é lindíssima! Seu acervo possui quase 2 milhões de objetos entre relíquias pré-históricas, obras de artes como quadros, esculturas, fotografias, documentos e tudo o mais.

O mausoléu abriga o corpo embalsamado do mais importante nome e fundador da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. O corpo de Lenin (1870-1922) – ainda é visitado por milhares de Russos todos os dias. Lenin foi um líder que combateu a opressão popular da época e por isso é tão querido pela população.

Na verdade Moscou é um museu a céu aberto. Prédios com lindas fachadas, parques, igrejas, monumentos faz de qualquer passeio um deleite.

Visitei também o centro de exibições permanente de Moscou, o Panrusso, conhecido pelos locais como Parque Ostankino, que serve também como uma espécie de museu dos tempos da antiga União Soviética e parque de diversão.

Uma das atrações da cidade são as estações de metrô. Construídas por Lenim para homenagear os trabalhadores que por ali passam todos os dias, elas são um luxo, que mais parecem o hall de hotéis 5 estrelas. O sistema metroviário da cidade possui mais de 180 estações divididas em 12 linhas. Em uma manhã chuvosa, aproveitei para conhecer as mais famosas. Mais o alfabeto cirílico praticado no país proporciona um grande desafio. A Rússia é um dos poucos países que conheci que não traduz para o inglês. E isso dificulta até na hora de fazer compras no mercado, ou ver um cardápio, me obrigando a escolher os produtos pelas fotos. Também fui desprezado por algumas pessoas quando tentei me comunicar em inglês.

Minha bicicleta estava precisando de alguns ajustes e Nickolay me levou na bicicletaria de seus amigos onde consegui todo o apoio que precisei. A Kapibike bicicletaria, organizou uma mini palestra relâmpago onde tive o prazer de compartilhar por 2 horas meu estilo de viagem. De um dia para o outro juntaram 9 pessoas. Adorei a experiência de compartilhar e relembrar algumas histórias.

A viagem ao redor do globo continua! Para adquirir um exemplar do livro NORUEGA BY BIKE, mande um e-mail para: atmagalhaesbybike@gmail.com , com o título: LIVRO NORUEGA BY BIKE, com seu nome, endereço de entrega e comprovante de depósito. Dados bancários: Aurélio Tanuri Magalhães CPF: 151.956.888.69 Banco Itaú Agência: 8482 Conta Corrente: 05369 4

DA CHINA PARA CASA BY BIKE, compartilhando a viagem enquanto ela acontece! Toda quinta-feira um novo episódio com dicas, curiosidades e o dia a dia de uma VOLTA AO MUNDO DE BICICLETA. Se inscreva no canal! Curta, compartilhe, comente! Seu envolvimento ajuda a me manter motivado! Para APOIAR o projeto e me dar aquela forcinha, conheça minha campanha de FINANCIAMENTO COLETIVO,: https://apoia.se/dachinaparacasabybike , as recompensas começam a partir de R$ 8 por mês.

Obrigado por me seguir!

Facebook: @aureliomagalhaesbybike

Instagram: @aureliotanurimagalhaes

Blog: http://www.atmagalhaes.wordpress.com