Viagem solitária X Viagem acompanhado.

Como já aconteceu em algumas oportunidades nesses dois anos e quatro meses, minha viagem deixa de ser solitária por algum tempo, e com isso sofre alguns ajustes, e é claro, interferências, já que as decisões agora são tomadas em conjunto.

Quando estou só, tenho uma rotina estabelecida. Hora de acordar, o que comer, distância a percorrer no dia, hora para descansar e procurar um lugar para passar a noite e etc… Quando viajamos em grupo, todas as decisões são discutidas e negociadas, já que nem sempre todos possuem as mesmas vontades, opiniões ou pontos de vistas. Isso pode gerar alguns desgastes, principalmente depois que a empolgação do início passar.

Outro ponto a ser levado em consideração é sobre a quantidade de pessoas que conhecemos no caminho. Quando estou só, fico muito mais aberto e receptivo. É um tanto quanto inconsciente! Mas a quantidade de pessoas que converso é muito maior. O fato de viajar acompanhado, sempre tendo alguém para conversar, limita a interação com os locais e com isso diminui as chances de algo inesperado acontecer.

Quando viajamos em grupo, diminuímos o tempo que gastamos exercitando o autoconhecimento. Fica difícil manter uma conversa séria consigo mesmo. Por outro lado, nos descontraímos com piadas, e estamos mais suscetíveis a aprender e respeitar pontos de vistas diferentes dos nossos.

No meu caso específico, costumo me relacionar bem com as pessoas, e exercito bastante a minha tolerância e flexibilidade. Para mim, quase sempre, “quase tudo está bom”! No entanto confesso que existe momentos que não é fácil!

Quando viajo com a minha irmã Cynthia, por exemplo, tudo é muito mais fácil! Além de nos conhecermos muito bem, ela procura se encaixar á minha maneira de viajar. Na verdade, como temos muita coisa em comum, nós dois cedemos muito pouco! Existe harmonia! Só de olhar já sabemos o que o outro está pensando! E não tenho dúvida em afirmar que ganho muito mais do que perco quando estou com ela!

Quando viajo com pessoas que acabo de conhecer, de países e culturas diferentes, o diálogo e a negociação passam a ser vital! Eu encaro a minha viagem como trabalho! Estou aqui para curtir a vida, é verdade, mas tenho algumas obrigações para essa viagem fazer sentido para mim! Fazer boas fotos, colecionar receitas, conhecer lugares e principalmente pessoas! Tenho planos futuros que passam pelo dia a dia da minha viagem ao redor do mundo de bicicleta! Não é todo mundo que se encaixa na minha maneira de viajar.

No entanto, um pouco da minha experiência em aceitar ou não um convite para viajar, um bocadinho de sorte, e a boa vontade e compreensão dos novos parceiros, tem me oferecido a oportunidade ideal para seguir em meus objetivos em ótimas companhias, com mais humor e irreverência. Gostaria de agradecer aos meus parceiros de viagem, o carinho com que enxergaram meu projeto e pela oportunidade de aprendizado!

Muito obrigado!

 

 

 

4 comentários em “Viagem solitária X Viagem acompanhado.

  1. Ronny The Penguine disse:

    Hi Aurelio , much Greetings from cold Germany! I am glad to have met you ! And look forward to accompany you on your blog around the world . I hope Germany is also one at that!
    Big hug your friend Ronny !

  2. nonatanuri@hotmail.com disse:

    Tato vc sempre se saiu muito bem em companhia das pessoas .
    portanto segue sua rotina pois as companhias são por por tempo boa viagem
    te amamos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s